www.eroticoeprofano.blogspot.com

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

DESABAFO

BOA TARDE AMIGOS


PASSEANDO E FOLHEANDO PÁGINAS DE RELACIONAMENTOS DE AMIGOS, COLEGAS OU APENAS CONHECIDOS, DEPAREI-ME COM UM TEXTO QUE ME CHAMOU A ATENÇÃO.
POIS É EXATAMENTE O QUE PENSO....LEIAM COM ATENÇÃO:


Há algum tempo venho pensando como o BDSM está banalizado, quantas
pessoas se auto intitulam dominadores(as) e submissas(os), mas se quer conhecem
a profundidade disso, hoje em dia com o advento da internet é muito fácil criar
um nickname como DOM, LORD, MESTRE assim como SUB, SLAVE, ESCRAVA(0), mas sem
se quer conhecer a filosofia, a oito anos atrás quando me encontrei nesse
mundo, li muito, estudei, conversei, procurei entender tudo e só depois disso é
que me vi um dominador, pois fiquei ciente de todas as responsabilidades que um
top tem, muitos se auto intitulam ser o que não é, por vaidade, por sexo fácil,
por se aproveitar financeiramente e até mesmo por carência, mas adentram a esse
mundo sem se quer saber quais as responsabilidades que cada um tem em uma
relação D/s, o que se torna muito perigoso em vários aspectos, pois os danos
físicos e psicológicos podem ser graves, aqueles que entram nesse mundo por
motivos errados banalizam ainda mais com fofocas, como um meio desesperado de
justificar o fim da relação e ai começam os boatos de que o dominador(a) ou a
submissa(o) não foram honestos, se aproveitaram, só que escondem o real motivo
do porque não ter dado certo, justificam a própria incompetência e falta de
postura espalhando mentiras, como se falassem mal do ex marido ou da ex esposa,
não quero ensinar ninguém a ser, mas acredito no BDSM levado a sério, não vejo
esse mundo como uma forma de brincadeira, acredito que todos fomos iniciantes,
mas antes de se auto intitular isso ou aquilo, devemos ter responsabilidade e
primeiro entender e sustentar a posição ao qual está se propondo a ser, apenas
um desabafo!!!



CRÉDITOS (COM MÉRITOS) DOM WOLFMAN

Um comentário:

  1. Eu também recebi esse texto. É de uma profundidade. Concordo com gênero, número e grau.

    ResponderExcluir