www.eroticoeprofano.blogspot.com

terça-feira, 27 de julho de 2010

VOTOS DE SUBMISSÃO

Caso você queira posso passar seu terno, aquele que você não usa por estar amarrotado.
Costuro as suas meias para o longo inverno...
Use capa de chuva, não quero ter você molhado.
Se de noite fizer aquele tão esperado frio poderei cobrir-lhe com o meu
corpo inteiro.
E verás como minha a minha pele de algodão macio, agora quente, será fresca quando janeiro.
Nos meses de outono eu varro a sua varanda, para deitarmos debaixo de todos os planetas.
O meu cheiro te acolherá com toques de lavanda -Em mim há outras mulheres e algumas ninfetas.
Depois plantarei para ti margaridas da primavera e aí no meu corpo somente você e leves vestidos, para serem tirados pelo total desejo de quimera.
Os meus desejos irei ver nos teus olhos refletidos.
Mas quando for a hora de me calar e ir embora sei que, sofrendo, deixarei você longe de mim.
Não me envergonharia de pedir ao seu amor esmola, mas não quero que o meu verão resseque o seu jardim.
(Nem vou deixar - mesmo querendo - nehuma fotografia. Só o frio, os planetas, as ninfetas e toda a minha poesia)


Fernanda Young

AO RECOBRAR A CONSCIÊNCIA

Dá um abraço?
De repente ,
deu vontade de um abraço...
Uma vontade de entrelaço,
de proximidade ...
de amizade, sei lá !
Talvez um aconchego amigo e meigo,
que enfatize a vida e amenize as dores ...
que fale sobre os amores,
seja afetuoso e ao mesmo tempo forte ...
Deu vontade ,
de poder ter saudade de um abraço.
Um abraço que eternize o tempo
e preencha todo o espaço.
Mas que faça lembrar do carinho,
que surge devagarinho,
na magia da união dos corpos,
das auras,
sei lá!
Lembrar do calor das mãos,
acariciando as costas,
a dizerem : - Estou aqui !
Lembrar do enlaçar dos braços,
envolventes e seguros,
afirmando : - Estou com você !
Lembrar da transfusão de força,
ou até da suavidade do momento,
sei lá...
Então, pensei em como chamar esse abraço:
abraço poesia,
abraço força,
abraço união,
abraço suavidade,
abraço consolo e compreensão,
abraço segurança e justiça,
abraço verdade,
abraço cumplicidade ?
Mas o que importa é a magia desse abraço,
a fusão de energias que harmoniza,
integra o todo e se traduz no cosmos,
no tempo e no espaço...
Só sei que agora ,
deu vontade desse abraço.
Um abraço que desate os nós,
transformando-os em envolventes laços ...
Que sirva de "colo",
afastando toda e qualquer angústia...
Que desperte a lágrima de alegria e acalme o coração...
Um abraço que traduza a amizade,
o amor
e a emoção.
E para um abraço assim,
só consegui pensar em Ti .
Nessa sua energia,
nessa sua sensibilidade,
que sabe entender o porque
dessa minha vontade.
Pois então:
Dá logo esse abraço !!!


{cadela dhara}_ {+} D.L.
















Vermelho é a cor da paixão,

Que bate ardente no meu peito,
No meu coração,
É a beleza imponente,
Do desejo ardente…
Amar nunca soube,
Amar não sabia o que era,
Mas quando te conheci,
O descobri…
Amar não é físico,
Amar não é toque,
Amar não é sexo.
Amar é apenas sentir,
E com amor retribuir…
Amar,
É sentir aquela ansiedade que desespera,
Amar,
É sentir aquele frio na barriga,
Amar,
É pensar incessantemente em ti,
E por mais que tente,
Nunca te conseguir tirar da mente.
É habitares o meu pensamento,
A cada hora
A cada instante,
E o tempo que passa e nos devora,
É somente estrelas que habitam o céu brilhante,
Amar,
É ter medo de perder,
Algo que amamos mais do que a nos próprios,
Amar é sentir vontade a toda a hora,
De te abraçar, de te beijar, de te dizer que te amo mais que a luz do luar…
Amar é simplesmente sonho utopia,
O desejo infinito de sabedoria,
Este amor é puro,
Como a lágrima de sangue,
Esquecida no olhar de quem a alma escurece,
E a morte apodrece…
Tu és o céu sem fim,
E eu assim,
Nada mais sou que lágrimas de sal,
Com sabor a alegria,
A felicidade que me deste a conhecer um dia…
Por ti eu morro,
E sempre morria,
Tu és deusa que eu venero,
E para te ter ate a morte enfrentaria…
Tu és felicidade que desconhecia,
És anjo alado,
Nas asas da alegria…
E o meu olhar,
Outrora feito de tristeza e dor,
É por ti que conhece o amor…
Já sofri tudo o que tinha a sofrer,
Hoje sou homem apenas por te querer…
A vida é impura,
E até a mais bela rosa pouco dura,
Mas o nosso amor é eterno,
E até os deuses do Olimpo o teu nome iram recordar,
Como uma deusa um simples humano pudesse amar…

segunda-feira, 26 de julho de 2010

DEPOIMENTO DE UMA CADELA FELIZ!
















PARTE 1
Sempre tive uma vida sexual absolutamente normal e satisfatória com meu ex-marido, bem, pensava assim até conhecer meu DONO.
Embora eu seja uma mulher madura, confesso que me assustei ao descobrir que existem muito mais pessoas adeptas ao SM do que eu imaginava.
Fiquei deslumbrada e eufórica.
Passei a ler muito sobre SM na internet, aproveitando quando ficava sozinha em casa, quando minha filha saía.
Minha excitação e deslumbramento cresciam cada dia mais.
Até que fui conhecer meu DONO e Ele significou para mim como um abrir de portas para viver um pouco de tudo que eu lia, via e desejava em minhas fantasias. Porém nem tudo são flores, não é fácil falar de todos os sentimentos que envolvem essas vivências. Não é fácil encarar o ciúme, sentir-se preterida por conta de outra escrava mais nova, mais bonita, dividir a atenção do Mestre. Por isso tenho aprendido muito e vejo que não basta querer ser escrava, é preciso ter muita resignação, perseverança e vontade de aprender sempre.
Viver essa mistura de fantasia e realidade, sob o Domínio de meu DONO é essencial. E digo isto porque ninguém nunca teve posse da minha intimidade de forma tão intensa como meu DONO. Nem com meus 22 anos de casada, tive com meu ex-marido tanta cumplicidade e nunca meu gozo foi tão intenso.
Meu DONO, SR LEE, já deixou sua marca para sempre em minha alma.
Hoje nossa sessão foi divina.
Ainda sinto seu semen dentro de mim, vou dormir com seu cheiro e fantasiar que estou dormindo com meu DONO.
Postado por ARETUSA, SUBMISSA DE ALMA! às 15:45 0

RESPOSTA DO DONO:

FICO FELIZ AMADA CADELA, QUE SINTA-SE PLENA.
O BDSM, É UM CAMINHO PRAZEIROSO, ENVOLVENTE, POREM, DIFICIL DE SER PERCORRIDO. HÁ QUE SE TER ALMA PARA SER UMA CADELA OU UM DOM. SINTO QUE VC TEM. PRECISA APENAS SER LÁPIDADA. MAS, ALMA VC TEM...
O DESLUMBRAMENTO AJUDA, MAS, NÃO LEVA NINGUEM A LUGAR ALGUM, É NECESSÁRIO QUE SE TENHA ATITUDE DE ENTREGA, DETERMINAÇÃO NO CAMINHO A SER PERCORRIDO, POIS SÃO TORTUOSOS E DIFICEIS.
NÃO ACREDITO QUE UM DOM, DESDENHE UMA CADELA EM DETRIMETO DE OUTREM. O QUE EXISTE, SÃO MOMENTOS, PRAZERES E SITUAÇÕES DIFERENCIADAS. CADA UMA DE VOCES, TEM SEU LUGAR, SEU VALÔR, SUA IMPORTÂNCIA. TODAS, SEM EXCESSÃO, TEM UM SIGNIFICADO MUITO IMPORTANTE NA VIDA DE SEU DONO. EXISTE A CONQUISTA, A BUSCA INCESSANTE POR UM LUGAR..É ISSO QUE VC TEM QUE BUSCAR, EM TODOS OS MOMENTOS.
VOCE É UMA GRAÇA E TEM UMA IMPORTÂNCIA MUITO GRANDE EM MINHA VIDA. TE ENCONTREI CRUA, BRUTA...E HOJE VC JA TOMA FORMA DE UM DIAMANTE DE VALORES INQUESTIONÁVEIS. NÃO IMPORTA SE VOCE É MAIS NOVA, MAIS MADURA, MAIS MAGRA, MAIS GORDINHA, LOIRA OU MORENA...SEU VALÔR, ESTÁ NA ALMA, NA CAPACIDADE DE ENTREGA, DE SERVIR E SER FIEL A AQUELE QUE COMANDA SUA VIDA, SEUS DESEJOS E SUA ALMA.
CONTINUE ASSIM...É ASSIM QUE A QUERO...BJS CARINHOSOS DE SEU DONO

DOM LÊE


















Humilhação
A humilhação tem um sabor de entrega... para muita gente parece uma forma de desmerecer alguém, de desvalorizar, de tornar o outro menos humano, menos importante que os demais... porém, no SM esta prática se mostra incrivelmente o oposto...
Saber se humilhar, ter prazer em se humilhar nos faz as criaturas mais preciosas do SM, o dominador percebe que sua escrava se entrega totalmente a ele, sem nenhum orgulho, sem nenhuma restrição, sem nenhuma máscara, só assim ela se torna mais humana, mais digna de sua dedicação, de sua atenção... se torna importante, especial por que é capaz de se submeter a todas as suas fantasias com a felicidade e a plenitude que só uma escrava é capaz de alcançar, com a leveza, a liberdade tão impossíveis a tantas outras mulheres... com um sorriso único, enigmático, pois sorri muitas vezes entre lágrimas, e ali aos pés do Dono, humilhada, exclusivamente por ele, se sente plenamente escrava e mulher.


Postado por ARETUSA, SUBMISSA DE ALMA! às 09:40


















RESPOSTA DO DONO: QUANDO A CADELA COMEÇA A ENTENDER A PLENITUDE DESSES SENTIMENTOS, ELA PASSA A ENTENDER, O QUÃO GRANDE É SEU GESTO E SUA CAPACIDADE DE PROPORCIONAR A SEU DONO, UMA FELICIDADE PLENA E TOTAL. AI, NESTE MOMENTO, ELA PERCEBE O QUANTO ELA É IMPORTANTE E INSUBSTITUÍVEL.

BJS DE SEU DONO
DOM LÊE
















poder do chicote
Para quem aprecia as artes BDSM, o chicote é um poderoso afrodisíaco...
O poder que ele representa.
O correr no ar.
O estalar no chão ou na pele ardente.
A fúria. O medo. O prazer.
O dançar sob o açoite.
As marcas vermelhas.
A sensação plena de se olhar no espelho e ver o corpo em chamas.
Vermelho. Roxo.
Todo marcado. Fruto de uma saraivada de couro que te "cortou" por inteira.
Outrora uma tela em branco, agora um quadro com "rasgos" da disciplina que lhe foi imposta por ter se recusado a ser o que é...
Simplesmente uma escrava.
Um mero objeto.
Dor e prazer num só ato.
Mas não basta dizer que domina. Não basta segurá-lo com toda a força ou açoitar até não agüentar mais. O poder que o chicote encerra não está nele, mas na mão que o segura, que é apenas uma canalizadora da força que te submete, que te verga, que te deixa no chão nua e crua.
Só assim é de verdade e não uma mera encenação. Tirar uma bela foto ao lado de um é relativamente fácil, mas para saber usá-lo é preciso mais do que um treinamento de "tiro ao alvo". No fim, o chicote é apenas o instrumento dessa força afrodisíaca... E deliciosamente excitante!


Postado por ARETUSA, SUBMISSA DE ALMA! às 08:06
 

Tudo é frio e gelado. O gume dum punhal

Não tem a lividez sinistra da montanha
Quando a noite a inunda dum manto sem igual
De neve branca e fria onde o luar se banha.
No entanto que fogo, que lavas, a montanha
Oculta no seu seio de lividez fatal!
Tudo é quente lá dentro…e que paixão tamanha
A fria neve envolve em seu vestido ideal!
No gelo da indiferença ocultam-se as paixões
Como no gelo frio do cume da montanha
Se oculta a lava quente do seio dos vulcões…
Assim quando eu te falo alegre, friamente,
Sem um tremor de voz, mal sabes tu que estranha
Paixão palpita e ruge em mim doida e fremente!


Florbela Espanca
Quero cometer loucuras, nossas loucuras secretas, só nossas.

Não quero ter hora nem local , não quero parar pra pensar, só quero sentir a
paixão envolvida pelo perigo, a emoção e marcas na nuca.
Vamos ser loucos, vamos fazer amor sem parar em qualquer lugar, deixando e instinto nos guiar, sem limites, sem regras, sem juízo.
Quero sentir suas mãos trêmulas, apressadas e despindo o meu corpo, e
acariciando e meu rosto,seus lábios macios, molhados,delicados, a minha pele e seduzindo a minha razão.
Quero sentir seus olhos se fechando,seu fôlego se acabando e seus sussurros se perdendo.
Quero fazer o que jamais foi feito, e só ter a paixão como testemunha.
Você me deixa maluco, tenho vontade de rasgar sua roupa, e deixar marcas de prazer e suicidar sua boca.
Quero que você me tire do sério, seja a minha insanidade, deixa completamente louco, amante e amado...

MOMENTO ÚNICO



Com meus olhos fechados, toquei aquela estrela...
ela brilhava em meu coração.
Então, percebi que voava...
sem nenhum medo ou dor.
Ousava cantar minha canção,
sem pressa, suavemente.
Senti meus pés flutuando...
acima das nuvens carregadas.
Não havia orvalho, nem lágrima.
Pairava, além das desculpas do dia...
Levitava, além da solidão noturna.
Chovia, dentro da minha alma...
Era chuva prateada, esperançosa.
A emoção foi exarcebada, enaltecida...
A mágoa foi cristalizada, jogada fora.
A dor, neutralizada, esquecida.
Com minhas mãos, quase toquei seu rosto...
Mas, ele está além da estrelas inalcançáveis.


CRÉDITOS: RAPUNZEL

quinta-feira, 22 de julho de 2010

'' SER FORTE´´

Ser forte é amar alguem em silencio ,é irradiar felicidade qdo nao se encontrou felicidade
é tentar perdoar alguem que nao merece perdao
ser forte é esperar qdo nao se acredita em retorno
é manter - se calmo no momento do desespero
é demostrar alegria qdo nao sentimos
ser forte é fazer alguem feliz,mesmo com coracao em pedacos
ser forte é ter certeza e a esperanca que tudo passa,as vezes
mas rapido que imaginamos
é sofrer muitas vezes em silencio,buscando nao levar sofrimento
aqueles que estao em nossa volta
é suportar a dor ,retirando dela um apredizado sempre
Ser forte ,´é assumir os erros ,e dizer vou corrigir,e oferecer amor para aqueles que nos golpeiam com ignorancia
ser forte é encontrar um elogio qdo se tem vontade de maldizer
é consolar,qdo se precisa de um consolo
ser forte é amar a vida e acreditar e nunca deixar de sonhar que dias melhores viraoooooooooooo
Comparo o amor ao mar, que é grandioso em si mesmo, tem uma força ainda desconhecida, e é capaz de encantar e até matar, quem não tiver a devida atenção. O amor e o mar se igualam na beleza, onde gente grande vira criança, os olhos brilham, o coração acelera, a vida tem outro sentido diante do amor,a beleza tem outra visão diante do mar, a vida tem outros valores diantedo amor.

Assim como o mar, o amor se renova em ciclos, no mar são as marés, que elevam e abaixam as águas, no amor, são os pequenos gestos, as delicadezas. O respeito, a admiração pelo outro, as lembranças, que vão construindo um sentimento maior que o mar, maior que o próprio amor, avançando com a idade, sendo tão generoso que abre mão de si mesmo, quando deixa de ser uma paixão, para se tornar cumplicidade.
E é assim o meu amor... infinito...maior que o mar, pleno para eternidade...
Abaixo texto extraido da comunidade,,,"Sou o DONO da minha escrava"







"Dono" é o mais completo e grandioso termo usado para definir um praticante ativo dentro do BDSM.
O Dono é aquele que não só domina a escrava, não só a educou, disciplinou e descobriu-a, mas aquele que A TEM.
Sua escrava não é simplesmente uma escrava, é "A" escrava. Não é uma sub, e sim a sub DELE. Ele não tem a sua posse restrita às sessões como o dominador, pois sua posse extrapola os limites físicos do BDSM e adentra nos sentimentos, pensamentos, personalidade e convicções de sua sub.
A escrava não é escrava sem ele, mas com ele não tem sequer a posse do próprio corpo, que já ofertou a seu DONO, bem como sua mente se volta não para a prática do BDSM , mas à dedicação e obediência constante àquele que a conquistou de corpo Alma e coração
Na realidade ser dono, é ser os quatro:
Mestre no prelúdio virtual e no desenvolvimento da escrava, Sádico Dominador na sessão e Dono sempre.
Às vezes sou oceano

Sou deserto
Às vezes estou distante
Outras vezes muito perto
Às vezes sou antídoto
Sou veneno
Às vezes sou gigante
Outras vezes sou pequena
Às vezes sou presença
Sou saudades
Às vezes sou um inteiro
Outra vezes sou metade
Às vezes sou estrela
Sou breu,
Às vezes sou você
Outras vezes sou eu
Às vezes sou sorriso
Às vezes lágrimas
Às vezes sou tudo
Outras vezes não sou nada
O recomeço ou não quando da perda, muitas vezes pode significar o grau de intensidade do mergulho no BDSM desta Sub, aquela que ainda permanece em dúvida dificilmente recomeçará.

Antes de vontade e renúncia, o recomeço deve significar o início de um profundo processo de aprendizado, do qual a Sub deve estar comprometida na busca da sua incondicionalidade.
Não vejo como viver o BDSM de forma diferente de intensa, pois a responsabilidade de guiar e de entrega incondicional, são ingredientes intensos. È um intenso encontro de almas, de um Guia e sua Guiada. E como tal tudo deve ser incontidamente discutido, de forma clara e verdadeira, numa relação D/S não há espaço para dúvida, para mentira. Se o momento é de devolução da coleira, ou de sua retirada, este mais do que nunca deve ser amplamente discutido, para que não restem dúvidas nesta hora. Devolver ou Retirar uma coleira.
Antes de recomeçar deve-se pensar muito em seus objetivos pessoais, para que esteja certo que o caminho a ser trilhado é o do BDSM, pois muitos confundem o estilo de vida BDSM, romantizam demasiadamente ou vulgarizam ao extremo. BDSM não é escape para fugas emocionais ou sexuais.
O BDSM é intenso, imenso, onde o processo de aprendizado tanto do Dono quanto da Sub nunca cessa, em cada momento ou relação é uma oportunidade de aprendizado que nunca deve ser substimado por ambos.
Recomeçar é possível, mas ter sempre em mente que BDSM, não é fuga, não é violência, não é sexo. É uma opção de vida, onde o respeito , e vontade constante de aprendizado devem estar sempre presentes em ambos.
Todo recomeço deve significar um degrau a mais, uma nova oportunidade de entender o BDSM, uma nova oportunidade de encontro de almas afins.


Postado por ARETUSA, SUBMISSA DE ALMA!

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Te quero...

Não por uma noite,
Não por um momento,
Mas para sempre...
Te quero...
Não como sua conquista,
Não como seu troféu,
Mas como meu dono...
Te ofereço...
Não uma brincadeira,
Não um flerte,
Mas minha submissão a você...
Preciso...
Não do teu beijo,
Não do teu abraço,
Mas da tua entrega...
Te desejo...
Sei que é proibido,
Sei que é irracional,
Mas sei que é verdadeiro...
Com o tempo...
Você aprende que estar com alguém só porque esse alguém
lhe oferece um bom futuro, significa que mais cedo ou mais tarde você irá querer voltar ao passado...
Com o tempo.
Você se dará conta que casar só porque “está sozinho(a)”, é
uma clara advertência de que o seu matrimônio será um fracasso...
Com o tempo.
Você compreende que só quem é capaz de lhe amar com os seus defeitos, sem pretender mudar-lhe, é que pode lhe dar toda a felicidade que deseja...
Com o tempo.
Você se dará conta de que se você está ao lado de uma
pessoa só para não ficar sozinho(a),com certeza uma hora você vai desejar não voltar a vê-la...
Com o tempo.
Você se dará conta de que os amigos verdadeiros valem mais do que qualquer montante de dinheiro...
Com o tempo.
Você entende que os verdadeiros amigos se contam nos dedos, e que aquele que não luta para os ter, mais cedo ou mais tarde se verá rodeado unicamente de amizades falsas...
Com o tempo.
Você aprende que as palavras ditas num momento de raiva, podem continuar a magoar a quem você disse, durante
toda a vida...
Com o tempo.
Você aprende que desculpar todos o fazem, mas perdoar,
só as almas grandes o conseguem...
Com o tempo.
Você compreende que se você feriu muito um amigo,
provavelmente a amizade jamais será a mesma...
Com o tempo.
Você se dá conta de que cada experiência vivida com cada
pessoa, é irrepetível...
Com o tempo.
Você se dá conta de que aquele que humilha ou despreza um ser humano, mais cedo ou mais tarde sofrerá as mesmas humilhações e desprezos, só que multiplicados...
Com o tempo.
Você aprende a construir todos os seus caminhos hoje, porque oterreno de amanhã é demasiado incerto para fazer planos...
Com o tempo.
Você se dará conta de que, na realidade, o melhor não era o
futuro, mas sim o momento que estava vivendo naquele
instante...
Com o tempo.
Você aprende que tentar perdoar ou pedir perdão, dizer que ama, dizer que sente falta, dizer que precisa, dizer que quer
ser amigo... junto de um caixão... deixa de fazer sentido...
Por isso, recorde sempre estas palavras:
“O ser humano torna-se velho muito rápido e
sábio demasiado tarde”.
Exatamente quando: “JÁ NÃO HÁ TEMPO!”

Luxúria

Dobro os joelhos

Quando você me pega, me amassa, me quebra,
Me usa demais
Perco as rédeas
Quando você demora, devora, implora sempre por mais
Eu sou navalha cortando na carne
Eu sou a boca que a língua invade
Sou o desejo maldito e bendito, profano e covarde
Desfaça assim de mim
Que eu gosto e desgosto, me dobro,
Nem lhe cobro rapaz
Ordene, não peça
Muito me interessa a sua potência, seu calibre e seu gás
Sou o encaixe, o lacre violado
E tantas pernas por todos os lados
Eu sou o preço cobrado e bem pago
Eu sou um pecado capital
Eu quero é derrapar nas curvas do seu corpo
Surpreender seus movimentos
Virar o jogo
Quero beber o que dele escorre pela pele
E nunca mais esfriar minha febre


 Isabella Taviani
Sonhe com aquilo que você quiser.

Seja o que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida e nelas
só se tem uma chance
de fazer aquilo que quer.
Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.
As pessoas mais felizes não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor das oportunidades
que aparecem em seus caminhos.
A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem a importância das pessoas
que passam por suas vidas


.(Clarice Lispector)
Não posso dar soluções para todos os problemas de tua vida,

nem tenho respostas para todas tuas dúvidas e temores,
mas posso escutar-te e buscá-las junto contigo.
Não posso mudar teu passado, nem teu futuro,
mas quando necessitares de mim estarei junto a ti.
Não posso evitar que tropeces.
Somente posso oferecer-te minha mão para que te segure e não caia.
Tuas alegrias, teus triunfos e teus êxitos não são meus,
mas alegro-me sinceramente quando te vejo feliz.
Não julgo as decisões que tomas na vida.
Limito-me a apoiar-te, a estimular-te e a ajudar-te se me pedires.
Não posso traçar limites dentro dos quais deves viver,
mas sim te ofereço espaço necessário para crescer.
Não posso evitar teus sofrimentos quando algo te parta o coração,
mas posso chorar contigo e recolher os pedaços para arrumá-lo de novo.
Não posso dizer-te quem és, nem quem deverias ser.
Somente posso querer-te como és e ser tua amiga.

terça-feira, 20 de julho de 2010

Amanhã Pode ser Tarde


Amanhã pode ser muito tarde Para você dizer que ama,
Para você dizer que perdoa,
Para você dizer que desculpa,
Para você dizer que quer tentar de novo…
Amanhã pode ser muito tarde
Para você pedir perdão,
Para você dizer: Desculpe-me, o erro foi meu!…
O seu amor, amanhã, pode já ser inútil;
O seu perdão, amanhã, pode já não ser preciso;
A sua volta, amanhã, pode já não ser esperada;
A sua carta, amanhã, pode já não ser lida;
O seu carinho, amanhã, pode já não ser mais necessário;
O seu abraço, amanhã, pode já não encontrar outros braços…
Porque amanhã pode ser muito …muito tarde!
Não deixe para amanhã para dizer:
Eu amo você!

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Pedacinhos

Pra que ficar juntando os pedacinhos
do amor que se acabou
Nada vai colar,
nada vai trazer de volta
a beleza cristalina do começo
e os remendos pegam mal
Logo vão quebrar
Afinal a gente sofre de teimoso
Quando esquece do prazer
Adeus também foi feito pra se dizer:
Bye bye, so long, farewell...


Pra que tornar as coisas tão sombrias
na hora de partir
Por que não se abrir
Se o que vale é o sentimento
e não palavras quase sempre traiçoeiras
e é bobeira se enganar
Melhor nem tentar...
Afinal a gente sofre de teimoso
quando esquece do prazer
Adeus também foi feito pra se dizer:
Bye bye, so long, farewell...

GUILHERME ARANTES
Aqui na ilha há tanto mar,

O mar e mais o mar.
Ele transborda de tempo em tempo.
Diz que sim, depois que não,
Diz sim e de novo não.
No azul, na espuma, em galope
Ele diz não e novamente sim.
Não fica tranqüilo, não consegue parar.
Meu nome é mar ele repete
Batendo numa pedra, mas sem convencê-la.
Depois com as sete línguas verdes
De sete tigres verdes, de sete cães verdes,
De sete mares verdes
Ele a acaricia, a beija e a umedece;
E escorre em seu peito
Repetindo seu próprio nome.
Talvez não ser,
é ser sem que tu sejas,
sem que vás cortando
o meio dia com uma
flor azul,
sem que caminhes mais tarde
pela névoa e pelos tijolos,
sem essa luz que levas na mão
que, talvez, outros não verão dourada,
que talvez ninguém
soube que crescia
como a origem vermelha da rosa,
sem que sejas, enfim,
sem que viesses brusca, incitante
conhecer a minha vida,
rajada de roseira,
trigo do vento,
E desde então, sou porque tu és
E desde então és
sou e somos...
E por amor
Serei... Serás...Seremos...


Pablo Neruda

quinta-feira, 15 de julho de 2010

É Forte...

Vida minha que tanto prezo..
Sentimentos que nascem na alma..
Laços que perduram..
Pensamentos em espécies.. orações
Amarras que não se desfazem..
Tempos que duram uma eternidade
Fragmentos da memória a exaltar
Terras desconhecidas esse meu coração
Uma levesa, suave na expressão
Porém contidas.. Grandes emoções..
Intenso é esse amor.. que sinto por ti
Malvado é esse medo.. de agir..
A certeza.. que atormenta meus dias
Tempestades sobre minha cabeça
Serei eu mártir dessa história?
Para preservar o valor da essência?
Mil vezes não.. Mil vezes..
Sou sua.. Porém não me tens..
Sou aquela que dá vida ao seu jardim
Sente o pulsar ofegante quando pensas em mim
Sou você.. na poesia
Sou você todos os dias..
E sou eu.. quando essa lágrima teima em cair
Sou eu que te beija a face com carinho
Em gotasde amor
"De um lugar que não se alcança,

e que é, no entanto, claro,
minha verdade, sem troca,
sem equivalência
nem desengano
permanece constante,
obrigatória, livre:
enquanto aprendo,
desaprendo e torno a aprender."

AGORA É A SUA VEZ...


Você sabe que, como todo mundo, merece ser feliz, não sabe?
Mas, por favor, não se compare com ninguém.
Entenda que você é único.
Lance seu desafio ao universo e diga: agora é minha vez!!!
Sua determinação é do tamanho da sua necessidade.
Uma estrada só se vence quando se dá o primeiro passo o sem olhar para a distância.
Faça coisas simples e de forma simples.
Não viva de aparências.
Seja você mesmo e se aceite.
Faça de cada dia, um novo dia de vitória.
Diga antes de levantar "bom dia" para a pessoa mais importante de sua vida: você mesmo! (Olhe no espelho). Você está pronto para prosperar... E ser feliz, é a escolha que cabe a você nesse momento.
Faça você por merecer!
Agora é sua vez.

terça-feira, 13 de julho de 2010

UMA SENSAÇÃO...O QUE É O AMÔR?

Achei que com o passar dos anos, tudo se resolveria.
Que nada...quanto mais se vive, mais se desconhece o desconhecido.
Ontem tive um sonho...sonhei que ouvia sua voz ao telefone, sonhei que faria uma viagem e te reencontraria, sonhei que ouviria todas as suas verdades e que entenderia e concordaria com cada uma delas...
O que é o amôr...
Será que o amor, é aquela relação chata? cheia de cobranças? cheia de obrigações? cheia de deveres?
Não...não acredito nessa face...o amôr pra mim, é algo sublime, é um sentimento espontâneo, com vontades e necessidades próprias, sem que pra isso precisassemos ser cobrados ou lembrados de toda ou qualquer obrigação.
Não existe um amor pleno na vida
O amor, é feito de momentos, de párticulas prazeirosa e emocionantes.
O amor tem que tocar e ser tocado
Tem que sentir e ser sentido
Tem que fazer falta, deixar saudades
Deixar vontade de reencontra-la novamente!
Este é o amor pleno, absoluto.

CRÉDITOS: Alguem separado por imposições

sábado, 10 de julho de 2010

Eu sou feita de

Sonhos interrompidos
detalhes despercebidos
amores mal resolvidos
Sou feita de
Choros sem ter razão
pessoas no coração
atos por impulsão
Sinto falta de
Lugares que não conheci
experiências que não vivi
momentos que já esqueci
Eu sou
Amor e carinho constante
distraído até o bastante
não paro por instante
Muitas vezes eu
Desisti sem mesmo tentar
pensei em fugir, para não enfrentar
sorri para não chorar
Eu sinto pelas
Coisas que não mudei
amizades que não cultivei
aqueles que eu julguei
coisas que eu falei
Tenho saudade
De pessoas que fui conhecendo
lembranças que fui esquecendo
amigos que acabei perdendo
Mas continuo vivendo e aprendendo

CRÉDITOS: SOPHYS (ATREVIDA)
Para que perder tempo

em beijar suavemente tua boca,
assim como fazem os enamorados,
os sonhadores, os românticos, os apaixonados?
Não perderei o delírio do tempo
com insignificantes detalhes de amor.
Se, é com tua boca
que entro em labirintos de mim
quando me perco em você.
Passarei horas me perdendo na embriaguez
do doce do limão, do amargo da cana
que ainda escorre em teus lábios
e entorpece meu corpo.
Não quero minha boca em tua boca;
mas tua boca passeando em mim.